abreVereadores aprovaram o subsídio para o período 2021-2024. Foto: Oscar Jupiraci.

3ª Sessão Extraordinária deste ano foi convocada para a manhã de hoje, quinta-feira (26/12), no Plenário Tereza Delta, com o objetivo de discutir e votar o Projeto de Resolução nº 57/2019. Elaborado pela Comissão de Finanças e Orçamento, fixa o subsídio dos vereadores da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo para a legislatura de 2021 a 2024.

O subsídio mensal do Vereador da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo para vigorar na próxima legislatura, pelo exercício do mandato parlamentar, nos termos da alínea “f”, do inciso VI, do art. 29, da Constituição Federal é fixado em R$ 15.031,75 (quinze mil novecentos, trinta e um reais e setenta e cinco centavos).

Considera-se que não há intenção por parte dos Vereadores de reajustar o valor do subsídio atual para a próxima legislatura e que o valor proposto preenche as exigências legais pertinentes, bem como está em conformidade com o entendimento do E. Poder Judiciário e do E. Tribunal de Contas do Estado.

2 se abre 2A partir da esquerda, os vereadores Toninho Tavares (PSDB), 2º secretário, e Juarez Tudo Azul (PSDB), presidente da Câmara Municipal, e o Dr. William Dornas, procurador legislativo e assessor jurídico da Mesa. Foto: Oscar Jupiraci

Nesta segunda-feira (23/12), os vereadores de São Bernardo do Campo se reuniram no Plenário Tereza Delta para deliberar duas matérias de autoria do Executivo Municipal:

✔ A votação em segundo turno da Proposta de Emenda à Lei Orgânica nº 04/2019, que altera a redação do artigo 91 da Lei Orgânica do Município de São Bernardo do Campo para estabelecer a idade mínima de aposentadoria, nos termos do previsto pelo artigo 40, § 1º, III, da Constituição Federal.

Com 22 votos favoráveis e 6 contrários, o item passa vigorar com a seguinte redação:

“I - para aposentadoria voluntária, 62 anos de idade, se mulher, e aos 65 anos, se homem;
II - para aposentadoria na modalidade especial, 60 anos de idade para ambos os sexos;
III - para aposentadoria dos exercentes de funções exclusivas de magistério, na forma da legislação, 60 anos de idade, se homem, ou 57 anos de idade, se mulher;
IV - para aposentadoria por idade dos servidores deficientes, 55 anos de idade, se mulher, e 60 anos de idade, se homem; e
V - aos servidores abrangidos por regras constitucionais transitórias, a idade mínima nelas estipuladas’’.

✔ Projeto de Lei nº 155/2019, autoriza o Município a celebrar convênio com o Governo do Estado de São Paulo e a repassar recursos financeiros no valor de até R$ 4,900 milhões na forma de subvenção social e auxílio por meio de um “Termo de Colaboração”. A parceria será firmada com uma organização da sociedade civil vencedora de chamamento público promovido pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social.

Vinte e sete parlamentares aprovaram a medida, que busca viabilizar a instalação do segundo restaurante popular “Bom Prato” em São Bernardo do Campo, na Praça Geovani Breda, no Bairro Assunção.

2 se bom pratoA Prefeitura planeja instalar a segunda unidade do “Bom Prato Dia & Noite” na Praça Giovani Breda, no bairro Assunção. Foto: Divulgação/Prefeitura de São Bernardo do Campo

PROGRAMA - “O Bom Prato é um importante programa de inclusão social, no qual R$ 1 é o suficiente para fazer uma refeição balanceada, beneficiando principalmente moradores em situação de vulnerabilidade.

Optamos por implantar uma unidade nesta região, por ser uma das mais populosas da cidade, e por estar cercada de hospitais”, explicou o Prefeito Orlando Morando. A primeira unidade instalada em São Bernardo está perto de completar um ano de existência e já forneceu mais de 530 mil refeições de qualidade desde sua inauguração.

O custo da construção do segundo “Bom Prato” do município, assim como toda a intervenção e modernização da Praça Giovani Breda está estimado em R$ 4,2 milhões. O espaço vai ampliar a capacidade de fornecimento de alimentação de qualidade e baixo custo à população. O custeio da unidade será compartilhado com o Governo do Estado. O município destinará cerca de R$ 103 mil por mês à unidade. O intuito é iniciar as obras no começo de 2020. A previsão do início de operação do restaurante é 1º de junho de 2020.

REFERÊNCIA – O Bom Prato Dia & Noite é referência em projeto de segurança alimentar no Estado de São Paulo. Todos os pratos são elaborados por nutricionistas e passam pelo rigoroso controle de qualidade do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), bem como das nutricionistas da Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Social do Estado, oferecendo arroz, feijão, proteína, salada, complemento, fruta de sobremesa e suco.

LOCALIZAÇÃO – A unidade de São Bernardo está situada na Rua Nicolau Filizola, nº 100, Jardim das Américas, ao lado do Poupatempo e próximo ao Terminal de Ônibus João Setti. O restaurante funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h, no café da manhã, por R$ 0,50; a partir das 11h até o término da cota diária durante o almoço; e das 17h30 às 18h30, no jantar, ambos por R$ 1. Crianças até seis anos não pagam.

Com informações da Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo

2 se extraOs vereadores no Plenário Tereza Delta durante os trabalhos legislativos da 2ª Sessão Extraordinária de 2019. Foto: Oscar Jupiraci

A 3ª Sessão Extraordinária deste ano foi convocada para a próxima quinta-feira, dia 26 de dezembro, às 10h, no Plenário Tereza Delta. O objetivo é discutir e votar o Projeto de Resolução nº 57/2019. Elaborado pela Comissão de Finanças e Orçamento, fixa o subsídio dos vereadores da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo para a legislatura 2021 a 2024.

40 so slideOs vereadores de São Bernardo do Campo no Plenário Tereza Delta durante a 40ª Sessão Ordinária de 2019. Foto: Oscar Jupiraci

Confira abaixo relação das matérias aprovadas em plenário pelos vereadores de São Bernardo do Campo na manhã desta quarta-feira (11/12).
Para consultar a íntegra dessas proposituras, CLIQUE AQUI, desça a página até a seção “Ordem do Dia”, selecione o número da proposta e, em seguida, acesse a “Mensagem Legislativa” no item “Anexos”.

✔ Projeto de Lei nº 116/2019, do Executivo Municipal, que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício financeiro de 2020.

✔ Projeto de Lei Complementar nº 02/2019, do Executivo Municipal, que institui a reforma da previdência no Sistema de Previdência Social do Servidor do Município de São Bernardo do Campo (SPM) e consolida a legislação previdenciária.

✔ Proposta de Emenda à Lei Orgânica nº 04/2019, do Executivo Municipal, em 1º turno, que altera a redação do artigo 91 da Lei Orgânica do Município de São Bernardo do Campo para o estabelecimento da idade mínima de aposentadoria, nos termos do previsto pelo art. 40, § 1º. III, da Constituição Federal.

40 so acordosOs vereadores articulam os acordos de liderança. Foto: Oscar Jupiraci

Através de acordos de lideranças, os parlamentares deram aval aos seguintes itens:

☑ Projeto de Lei n° 47/2019, de autoria do vereador Pery Cartola (PSDB), que institui no município o “Abril Laranja”, mês dedicado à prevenção contra a crueldade animal.

☑ Projeto de Lei n° 52/2019, do vereador Pery Cartola (PSDB), que institui no município o “Dezembro Verde”, mês do combate ao abandono de animais.

☑ Projeto de Lei n° 126/2019, do vereador Julinho Fuzari (Cidadania), que dispõe sobre a criação de pipódromos no município.

☑ Projeto de Lei n° 141/2019, da vereadora Ana Nice Lula (PT), que institui no município a “Semana da Capoeira”, a ser realizada todos os anos, preferencialmente, na primeira semana do mês de agosto.

☑ Projeto de Lei nº 142/2019, do vereador Dr. Manuel (Cidadania), institui “Programa de Assistência Médica e Psicológica aos Educadores da Rede municipal de educação, portadores da síndrome de Burnout”.

☑ Projeto de Lei nº 149/2019, do Executivo Municipal, sobre alteração da Lei Municipal n.° 5.223, de 20 de novembro de 2003, que trata da criação e denominação do “Parque Municipal Cidade de São Bernardo do Campo”.

☑ Projeto de Lei nº 150/2019, do Executivo Municipal, que outorga permissão de uso de área do Paço Municipal para exploração comercial de drogaria/farmácia, por prazo determinado.

☑ Projeto de Lei nº 151/2019, do Executivo Municipal, que autoriza o município a celebrar Acordo de Cooperação Técnica Não Reembolsável com a Corporação Andina de Fomento.

☑ Projeto de Lei nº 152/2019, do Executivo Municipal, que dispõe sobre benefícios fiscais para eventos culturais e de lazer de interesse público da Administração Municipal.

☑ Projeto de Lei nº 153/2019, do Executivo Municipal, que altera a Lei Municipal n.° 6.800, de 3 de julho de 2019, que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária para o exercício financeiro de 2020.

☑ Projeto de Lei nº 154/2019, do Executivo Municipal, que institui a gratuidade de tarifas de estacionamento rotativo, a pessoas idosas a partir de 60 anos, em todo o município.

☑ Projeto de Lei nº 156/2019, do Executivo Municipal, que denomina “José Pinheiro de Souza”, a praça situada na confluência da Avenida Kennedy com a Rua João de Azevedo Marques, no Bairro Anchieta.

☑ Projeto de Lei nº 159/2019, da Comissão de Finanças e Orçamento, dispõe sobre a concessão do 13º salário ao vereador do município de São Bernardo do Campo.

☑ Projeto de Resolução n° 53/2019, do vereador Juarez Tudo Azul (PSDB), que dispõe sobre cessão do Plenário Tereza Delta nos dias 11, 12 e 14 de maio de 2020, das 18h às 23h, para Evento Cívico Cultural da XLIV Semana de Enfermagem ABC.

☑ Projeto de Resolução n° 54/2019, do vereador Toninho Tavares (PSDB), que dispõe sobre a realização de Sessão Solene alusiva à comemoração do “Aniversário de Fundação do Bairro Baeta Neves”.

☑ Projeto de Resolução nº 55/2019, da Comissão de Finanças e Orçamento, fixa o subsídio dos vereadores da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo para a legislatura 2021 a 2024.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 49/2019, de autoria do vereador Rafael Demarchi (Republicanos), que dispõe sobre a concessão do “Título de Cidadão São-Bernardense” ao Bispo Domingos Cristiano de Azevedo.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 50/2019, de autoria do vereador Mauro Miaguti (DEM), que dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Sr. João Batista Visgueira.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 51/2019, de autoria do vereador Mauro Miaguti (DEM), que dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Sr. Raimundo Visgueira.

☑ Projeto de Decreto Legislativo nº 52/2019, do vereador Mauro Miaguti (DEM), dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Sr. José Francisco Visgueira.

☑ Projeto de Decreto Legislativo nº 53/2019, da vereadora Ana Nice Lula (PT), que dispõe sobre a concessão do Título de “Cidadã São-Bernardense” à Sra. Dirce Paludetti Fogo.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 54/2019, do vereador Ferrarezi (PT), que dispõe sobre a concessão do “Título de Cidadão São-Bernardense” ao Professor Francisco Helder Gonçalves da Costa.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 55/2019, do vereador Ferrarezi (PT), que dispõe sobre a concessão do “Título de Cidadã São-Bernardense” à Dra. Vera Lúcia da Motta.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 56/2019, do vereador Ferrarezi (PT), que dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Sr. Paulo Rogerio Nascimento Pinto.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 57/2019, de autoria do vereador Ferrarezi (PT), que dispõe sobre concessão de Medalha "João Ramalho" ao Sr. Roberto de Oliveira.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 58/2019, do vereador Ferrarezi (PT), que dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Sr. Marcelo D'Castro.

☑ Projeto de Decreto Legislativo n° 59/2019, de autoria do vereador Ferrarezi (PT), que dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Sr. Renato Zaglio.

☑ Projeto de Decreto Legislativo nº 61/2019, do vereador Rafael Demarchi (Republicanos), que dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Instituto InLife.

☑ Projeto de Decreto Legislativo nº 60/2019, do vereador Pery Cartola (PSDB), que dispõe sobre concessão de Título de “Cidadão Benemérito” ao Sr. Frederico Bizam Blum.

☑ Projeto de Decreto Legislativo nº 62/2019, do vereador Ferrarezi (PT), que dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Sr. Júlio César Cassetari.

☑ Projeto de Decreto Legislativo nº 65/2019, do vereador Ferrarezi (PT), dispõe sobre concessão de Medalha “João Ramalho” ao Sr. Sidnei Pinto Teixeira de Medeiros.

☑ Requerimento nº 10/2018, do vereador Tião Mateus (PT), de congratulações com o Grupo H.Olhos, que investiu R$ 32 milhões no primeiro hospital especializado em saúde ocular do Grande ABC.

☑ Requerimento n° 11/2018, do vereador Tião Mateus (PT), que dá congratulações ao Frei Betto pelo lançamento do livro em que registra as cartas escritas na prisão durante o período de Ditadura Militar.

☑ Requerimento nº 166/2019, do vereador Rafael Demarchi (Republicanos), de congratulação com a Igreja Bola de Neve que completou, no dia 5 de novembro de 2019, mais um ano de ministério.

☑ Requerimento nº 171/2019, do vereador Pastor Zezinho Soares (PSDB), de congratulação à Universidade Metodista de São Bernardo do Campo pelo importante serviço prestado ao nosso município.

40 so mesaA Mesa presidida pelo vereador Juarez Tudo Azul (PSDB), ao centro. Foto: Oscar Jupiraci

O vereador Juarez Tudo Azul (PSDB), presidente do Legislativo, convocou uma Sessão Extraordinária para o dia 23 de dezembro, segunda-feira, às 10h, no Plenário Tereza Delta. Na pauta, a discussão e votação em 2º turno da Proposta de Emenda à Lei Orgânica nº 04/2019 e do Projeto de Lei nº 155/2019

Elaborada pelo Executivo Municipal, a medida dispõe sobre autorização legislativa para que o município celebre convênio com o Governo do Estado de São Paulo e “Termo de Colaboração” com uma Organização da Sociedade Civil vencedora do chamamento público. O objetivo é viabilizar a instalação da segunda unidade do Restaurante Popular “Bom Prato” em São Bernardo do Campo, na Praça Geovani Breda, no Bairro Assunção.

ss abreA sessão solene em comemoração ao Dia da Justiça, proposta pelo vereador Pastor Zezinho Soares (na tribuna), prevê homenagens aos membros do Poder Judiciário pelas atividades desenvolvidas em prol do município. Foto: Oscar Jupiraci

Várias personalidades da área jurídica, como promotores, juízes, procuradores e advogados, reunidas no Plenário Tereza Delta, receberam homenagens na noite de terça feira (10/12) em uma sessão solene presidida pelo vereador Pastor Zezinho Soares (PSDB).

Na ocasião, reitores, professores e coordenadores de instituições de ensino superior de Direito, além de autoridades da segurança pública, também foram agraciados com certificados pelos relevantes serviços prestados à sociedade.

ss pastor zezinho“Comemorado em São Bernardo do Campo desde 2018, o Dia da Justiça tem como objetivo ressaltar a importância deste nobre Poder para a sociedade atual”, esclareceu o vereador Pastor Zezinho Soares (acima). Foto: Oscar Jupiraci

Para o parlamentar, “a dedicação daqueles que trabalham na Justiça por meio da sua função pública, dos profissionais em âmbito privado e das inúmeras entidades envolvidas promovem o grande esforço da civilização em manter uma convivência mútua, cooperativa, pacífica, ética e humana”.

ss mesa honraA mesa de honra da solenidade durante a execução do Hino de São Bernardo do Campo. Foto: Oscar Jupiraci

Integraram a mesa de honra ao lado do vereador Pastor Zezinho Soares:

Dr. José Roberto Gil Fonseca, Secretário Municipal de Assuntos Jurídicos, Cidadania e Pessoa com Deficiência, representando o Prefeito Orlando Morando;

Assessor Márcio Madureira, representando o Vice-Prefeito, Marcelo Lima;

Desembargador Ruy Coppola, Presidente da 32ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo;

Coronel Carlos Alberto dos Santos, Secretário Municipal de Segurança Urbana;

Dr. Edegar de Souza Castro, Juiz de Direito da 3ª Vara Criminal de São Bernardo Do Campo;

Dr. Gustavo Dall'Olio, Juiz de Direito da 8ª Vara Cível de São Bernardo Do Campo;

Dr. Luiz Ribeiro Oliveira Nascimento Costa Junior, Presidente Da OAB - 39ª Subsecção de São Bernardo Campo; e

Dr. Ronaldo Tossunian, Delegado da Seccional de São Bernardo do Campo.

Destaques 

ss desembargadorO Desembargador Ruy Coppola convidou para uma reflexão sobre o excesso de demandas injustificadas no Judiciário e a urgência em estimular formas de soluções de problemas sem a intervenção do juiz. Ele finalizou sua fala com a leitura de um trecho do livro “Os Onze — O STF, seus bastidores e suas crises”, dos jornalistas Felipe Recondo e Luiz Weber. Foto: Oscar Jupiraci

ss mateusO vereador Pastor Zezinho Soares entrega o certificado de reconhecimento a Mateus dos Santos Reis, aluno destaque no III Congresso Jurídico-Científico da Faculdade FAPAN. Militante na defesa dos direitos da pessoa com deficiência, ele foi aplaudido de pé por todos os presentes no Plenário Tereza Delta. Foto: Oscar Jupiraci

ss rinaldo vianaPelo segundo ano consecutivo, a sessão solene em comemoração ao Dia da Justiça contou com a apresentação do cantor de música erudita e lírica pop Rinaldo Viana. O artista aproveitou a ocasião para divulgar uma das faixas de seu mais novo trabalho, o CD “Te Encontrar”. Foto: Oscar Jupiraci

Honrarias

Confira os nomes dos homenageados:

Desembargador Ruy Coppola, Presidente da 32ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo;

Dr. Gustavo Dall'Olio, Juiz de Direito da 8ª Vara Cível de São Bernardo do Campo;

Dr. Edegar de Sousa Castro, Juiz de Direito da 3ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo;

Dra. Suely Duarte de Matos, Procuradora Legislativa da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo;

Dra. Magali Paiva, Procuradora Legislativa da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo;

Dr. Ronaldo Tossunian, Delegado Seccional de São Bernardo do Campo;

Dr. Luiz Ribeiro Oliveira Nascimento Costa Junior, Presidente da OAB SP - 39ª Subsecção de São Bernardo Campo;

Dr. Welington Morishita Rebeque Gropo, Advogado e assessor do Dr. Luís Ricardo Vasques Davanzo, Presidente da CAASP;

Coronel Carlos Alberto dos Santos, Secretário Municipal de Segurança Urbana;

Sra. Cláudia Aparecida Coelho Atanásio, Comandante da Guarda Municipal;

Dr. Matias Alves Correia, Mestre em Direitos Difusos e Coletivos, Professor e Diretor-geral da Faculdade FAPAN;

Dra. Alessandra Maria Sabatine Zambone, Pró-Reitora de Extensão e Ações Comunitárias da Universidade Metodista de São Paulo;

Dra. Maria Cristina Teixeira, Coordenadora do Curso de Direito da Universidade Metodista de São Paulo; 

Dr. Eduardo Verzegnassi Ginez, Tesoureiro da 39ª Subseção da OAB-SBC;

Dra. Eliane Emilia Brandão Rodrigues, Coordenadora Regional da Comissão de Assistência Judiciária da 11ª Região OAB

Dra. Lilian Mozardo, Presidente da Comissão de Meio Ambiente da 39ª Subseção OAB-SBC;

Dr. Eron da Silva Pereira, Sócio-proprietário do Escritório Eron Pereira Sociedade de Advogados;

Dra. Mirian Bazote, Coordenadora Acadêmica do curso preparatório PROORDEM ABC;

Dra. Danielly Silva Campo, Secretária da Comissão de Liberdade Religiosa da 39ª Subseção da OAB-SBC;

Dra. Luana Eloá Martins Nobre, Presidente da Comissão de Liberdade Religiosa da 39ª Subseção da OAB-SBC;

Dr. José Salvador, Professor Titular de Direito Processual das Faculdades de Direito de Osasco e FAPAN;

Sra. Dalva Siqueira, professora emérita e decana da FAPAN;

Mateus dos Santos Reis, militante na defesa dos direitos da pessoa com deficiência e aluno destaque no III Congresso Jurídico-Científico da Faculdade FAPAN.

 

CLIQUE AQUI e veja mais fotos deste evento

ss abre A sessão solene em comemoração ao “Natal com Jesus” acontece preferencialmente em dezembro, mês de celebração do nascimento de Cristo. Créditos: Elaine Oliveira/Facebook Marcelo Lima

Na noite de sexta-feira (06/12), um público de cerca de 500 pessoas compareceu ao Plenário Tereza Delta para prestigiar a sessão solene presidida pelo vereador Estevão Camolesi (Cidadania).

ss camolesi palestraÀ esquerda, o vereador Estevão Camolesi, o autor da Resolução nº 2.947/2013 que instituiu a comemoração do “Natal com Jesus” no município, falou ao público presente no Plenário Tereza Delta. Créditos: Assessoria de Comunicação do vereador Estevão Camolesi/Facebook

Em sua fala, ele abordou diversos temas, entre eles os desafios da vida e a coragem, fé, determinação e perseverança necessárias para vencê-los; a importância de aproveitar o presente, valorizando cada instante da existência como sendo único, e aprendendo com as situações favoráveis ou desfavoráveis e, por fim, o poder do perdão.

“Sempre é tempo de perdoar. Não há felicidade se você não souber perdoar. O perdão é a chave que nos liberta das angústias e tristezas da vida. Perdoar a tudo e a todos, não porque merecem perdão - possivelmente muitos deles não merecem: vão continuar falando mal de você, mentindo, te perseguindo, mas mesmo, assim perdoe. Não porque eles merecem perdão, mas porque você perdoando, merece a paz”, concluiu o parlamentar.

Além dele, a mesa de honra da solenidade contou com a presença de Marcelo Lima, Vice-Prefeito e Secretário Municipal de Serviços Urbanos; do publicitário Raul Fernando Dias Doria, e do palestrante espírita Ricardo Marcos Campos. Os dois últimos receberam Títulos de Cidadão São-Bernardense e Benemérito, respectivamente. Um terceiro homenageado, o médium Divaldo Pereira Franco, não pôde comparecer ao evento e receberá o Título de Cidadão Emérito em outra oportunidade.

Um dos destaques do evento, o músico Vansan Costa animou os presentes com seu repertório, que incluiu canções como “Jesus Cristo” e “Como é grande o meu amor por você”, sucessos de Roberto Carlos. No final da cerimônia, os organizadores sortearam livros e brindes com temática espírita e alusão ao médium Chico Xavier.

TRAJETÓRIAS

ss raul doriaA partir da esquerda, Raul Doria e o vereador Estevão Camolesi. Créditos: Elaine Oliveira/Facebook Marcelo Lima

O Sr. RAUL FERNANDO DIAS DORIA iniciou sua carreira profissional como jornalista.

Em 1982, ingressou na área de publicidade, tendo dirigido duas das maiores agências da época: MPM e SGB.

No ano de 1985, entrou na área de produção audiovisual como diretor-geral da Miksom Vídeo e tornou-se um dos pioneiros da produção independente no Brasil.

Produziu novelas e programas, de forma independente, para as seguintes redes televisivas: Bandeirantes, Manchete, Record e SBT. Conquistou, neste período, duas medalhas de Ouro no Festival de TV de Nova Iorque.

Fundou a empresa Cine Cinematográfica Ltda. em 1995.

É autor do argumento do documentário musical “Coração Vagabundo”, tendo produzido também o documentário “Jair 30”, a comédia “Sildenafil” e “Ninguém Ama Ninguém por Mais de Dois Anos”.

Seu trabalho mais recente é o filme “Divaldo - O Mensageiro da Paz”, cuja estreia nos cinemas ocorreu em 12 de setembro de 2019.

No período de 1998 a 2002, foi presidente da APRO - Associação Brasileira de Produções de Obras Audiovisuais, em colegiado com Andrea Barata Ribeiro e Pedro Buarque de Holanda, sócios da O2 Filmes e Conspiração, empresa na qual tem atuado como Conselheiro.

Participa ativamente da indústria de comunicação no Brasil, tendo sido membro do comitê organizador do IV Congresso Brasileiro de Publicidade, em 14 de julho de 2008, e do V Congresso Brasileiro de Comunicação.

Atualmente é Diretor Suplente no SIAESP - Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo. O mandato da diretoria atual teve início em 25 de setembro de 2018 e terminará em 25 de setembro de 2021.

Fonte: Decreto Legislativo nº 1.614, de 16 de outubro de 2019

ss ricardo camposA partir da esquerda, Ricardo Campos e o vereador Estevão Camolesi. Créditos: Elaine Oliveira/Facebook Marcelo Lima

O Sr. RICARDO MARCOS CAMPOS nasceu em 24 de maio de 1970 na cidade de São Bernardo do Campo, estado de São Paulo.

É formado em Administração de Empresas e pós-graduado em Gestão de Pessoas, atuando como "Coach" Profissional.

Tornou-se espírita aos treze anos de idade e frequenta o Centro Espírita "Maria Amélia" desde então.

Sua mediunidade aflorou aos quinze anos, época na qual foi um dos médiuns mais jovens da referida entidade, mas, por conta da tenra idade, dedicou muito do seu tempo aos estudos para se aprimorar e conhecer melhor sua missão, mediunidade e a doutrina espírita.

Aos dezoito anos de idade, fez o curso de Expositor da Federação Espírita do Estado de São Paulo, na qual realizou, por mais de vinte e cinco anos, palestras em casas espíritas localizadas na Grande São Paulo, Capital e no interior do estado.

Começou a trabalhar, aos vinte anos de idade, com a equipe de "Samaritanos", que presta socorro aos lares, bem como a participar das reuniões de “desobsessão” mediúnica. Na mesma época, deu início a um grupo de tarefeiros com a função de visitar asilos, orfanatos, hospitais e outras entidades do gênero levando alimentos, música e o alento da palavra amiga.

Dois anos depois, foi convidado para trabalhar com os jovens. Em 1993, com o auxílio do amigo e tarefeiro Almir, montou um grupo de mocidade espírita denominado J.E.C.A. (Jovens Estudando e Construindo o Amanhã), com o qual obteve tanto êxito que no ano seguinte já contava com a participação de duzentos jovens.

É, ainda, compositor mediúnico com mais de trinta músicas tocadas e cantadas pelo Coral do Maria Amélia, cuja organização também partiu dele.

Participou, também, dos trabalhos de cirurgia “perispiritual”, tendo deixado de exercê-los para se dedicar aos estudos universitários.

Ministra cursos regulares sobre a Doutrina dos Espíritos no referido Centro Espírita, no qual, nos últimos vinte e nove anos, participou ativamente como palestrante, médium e membro das diretorias que se sucederam. Foi eleito, aos 43 anos de idade, presidente da Associação Espírita Beneficente Maria Amélia para o triênio de 2014 a 2016, iniciando, já no primeiro ano, uma ampla reforma na instituição. Foi reeleito em 2016 para os próximos três anos para liderar a equipe de tarefeiros e dar continuidade aos trabalhos de melhoria da entidade.

É viúvo da Sra. Andreia Cantarino, com quem foi casado por dez anos e a quem doou um rim. Infelizmente, por causa distinta da doença renal, a Sra. Andreia faleceu em 2018, cinco meses após a referida doação de órgão, ocasião em que seguiu o exemplo do mestre Jesus de fazer ao próximo o que deseja para si mesmo.

Fonte: Decreto Legislativo nº 1.601, de 22 de agosto de 2019

ss divaldoDivaldo Franco. Foto do acervo do site Divaldo Franco. Créditos: Luismar Ornelas de Lima

O Sr. DIVALDO PEREIRA FRANCO nasceu no dia 5 de maio de 1927, na cidade de Feira de Santana, no estado da Bahia.

Mais conhecido como Divaldo Franco ou, simplesmente, Divaldo, é professor, médium, filantropo e orador espírita brasileiro.

A vontade de cuidar de crianças surgiu-lhe ainda jovem, tendo recebido o diploma de professor primário em 1943, tornando-se um exímio e devotado educador.

Em 15 de agosto de 1952, pensando nas crianças, fundou a instituição de caridade Mansão do Caminho, na cidade de Salvador, no estado da Bahia, juntamente com o Sr. Nilson de Souza Pereira.

Em vinte Casas Lares, educou mais de seiscentos filhos, possuindo, assim, mais de duzentos netos e bisnetos.

Atualmente, seus filhos são emancipados, a maioria com família constituída, atuando profissionalmente como professores, contadores, administradores, psicólogos, médicos, entre outros.

Na década de 60, iniciou a construção de escolas, oficinas profissionalizantes e atendimento médico na Mansão do Caminho, que hoje é um admirável complexo educacional e assistencial construído numa área de setenta e oito mil metros quadrados, contando com cinquenta edificações, além das construções em andamento, distribuídas em ruas, bosques e lago. No local são atendidas, diariamente, três mil crianças e jovens de famílias de baixa renda.

A instituição é mantida, basicamente, com a venda dos livros mediúnicos e das fitas gravadas nas palestras, seminários, entrevistas e mensagens de Divaldo.

Como médium, Divaldo já psicografou mais de duzentas e cinquenta obras, entre psicografias e coautorias publicadas em diversas editoras. Os livros vendidos já alcançaram a marca de mais de dez milhões de exemplares, com diversos títulos traduzidos para dezesseis idiomas, além de vinte obras transcritas para o sistema Braille.

Os direitos autorais e a renda proveniente da venda de suas obras foram doados, em cartório, à Mansão do Caminho e a outras entidades filantrópicas.

Entretanto, ainda que tenha uma alta produção e vendagem de livros psicografados e que realize um grande trabalho filantrópico, Divaldo é mais conhecido como conferencista e missionário do Espiritismo, tanto no Brasil quanto no exterior.

Pode-se dizer, portanto, que de seus noventa e dois anos de idade, mais de setenta foram dedicados à causa espírita e às crianças da periferia de Salvador. Além disso, há mais de sessenta anos é um importante orador espírita e há mais de cinquenta anos dedica-se à mediunidade e à caridade.

Desse modo, o Sr. Divaldo é tido como um dos maiores médiuns e oradores Espíritas da atualidade.

Recentemente, teve sua vida retratada em um filme intitulado: Divaldo - O Mensageiro da Paz, cuja estreia nos cinemas ocorreu em 12 de setembro de 2019.

O filme retrata a vida de Divaldo desde a sua infância, no interior da Bahia, até a sua consagração como filantropo e orador em prol da divulgação da doutrina espírita no Brasil e no mundo.

Fonte: Decreto Legislativo nº 1.615, de 16 de outubro de 2019